Quinta-feira, 15 de Julho de 2010
O 4º elemento do meu trio_7ºC

Meninas desculpem o atraso a postar...mas nao consigo postar no meu computador entao tenho d utilizar o do meu pai :)

 Obrigada pelos comentários...

Aqui fica + 1...

 

 

Fiquei um bocado no quarto em volta dos meus pensamentos, até que decidi chamar o Tom, estava óptima na sua companhia mas agora que ele não estava ao meu lado estava péssima. Tinha uma coisinha ligada ao dedo que era para quando precisava de chamar uma enfermeira clicava no botão da coisinha e la vinha uma enfermeira peguntar se precisava de alguma coisa. Assim o fiz e quando ela entrou no quarto a única coisa que lhe pedi foi que chamasse o senhor Tom.
 Fiquei algum tempo a espera até que comecei a pensar que se calhar ele já se tivesse ido embora, virei-me para o lado e adormeci.
 [...]
 Acordei, estou a espreguiçar-me e ainda mal consigo ver, abri os olhos por completo e quando olhei para o lado vi-o numa cadeira sentado a dormir, *tão lindo a dormir, tão calmo*-pensei.
 Com um bocado de esforço cheguei até a cara dele e dei-lhe um beijo na testa, ele, de imediato acordou e eu assustada voltei a deitar-me na cama do hospital. Ele simplesmente sorriu.
 Eu- pensei que estivesses a dormir.
Tom- e estava. Bem quando saí do quarto fui a cafetaria do hospital e a enfermeira disse-me que me estavas a chamar. Então vim a correr para aqui, mas quando cá cheguei encontrei-te a dormir...
 Eu- vieste a correr??Obrigada.- estava expantada e ao mesmo tempo feliz por ele ter vindo a correr...por mim.
 Tom- não precisas de agradecer.
 Eu- pensei que te tivesses ido embora.
 Tom- confesso que pensei nisso...-baixei a cabeça- mas queria ficar ao lado de ti- levantei-a olhei para ele e sorri- é por isso que vou passar aqui a noite contigo. Se não te importares claro.
 Eu- Tom o hospital é um sítio super incómodo para se passar a noite e depois vais ter de dormir nessa cadeira, acho que é melhor ires para casa.
 Tom- e deixar-te aqui sozinha?? Nem penses.
 Eu- eu posso perfeitamente...-ia dizer que podia perfeitamente ficar sozinha mas ele decidiu interromper-me.
 Tom- está decidido, eu passo a noite aqui contigo e tu amanhã vens viver comigo.
 Eu- EU NÃO VOU VIVER CONTIGO, EU VOU VOLTAR PARA ONDE ESTAVA. QUEM É QUE TU PENSAS QUE ÉS??- disse aos berros. Ok, pronto eu as vezes sou capaz de me passar um bocado...mas hey ele não é meu dono, não é só porque ele é podre de bom, simpático, pervertido, alegre e brincalhão que é perfeito e que me diz o que eu faço ou deixo de fazer.
 Tom- Kryxttina desculpa não disse por mal. Só não quero que fiques naquele sítio horrivel.
Eu- eu também não quero muita coisa.-disse quase atropelando as palavras.-não quero ficar sem ir a praia, sem ter amigos, não quero ficar longe de ti.- O.O, na última parte descai-me.
 Ele agora está a rir-se, deve estar a gozar com a minha cara.
Tom- eu também não quero estar longe de ti por isso é que te estou a convidar para vires morar comigo.
 Eu- a mim pareceu-me mais uma ordem do que um convite.
Tom- desculpa se me expressei incorrectamente, por favor aceita o meu convite.
 Eu- eu não sei, Tom, mal te conheço...e só tenho 13 anos.
Tom- e eu 16.
 Eu- e vives sozinho??
Tom- não, vivo com o meu irmão gémeo, com a minha mãe e com o meu padrasto, apesar do meu padrasto não passar muito tempo em casa por ser cirugião. Espera vou só fazer um telefonema.
 Eu- ok.
Ele fez o tal telefonema e quando voltou veio com um sorriso na cara maior que o mundo...

 Eu- Tom que sorriso é esse?? Os tokio hotel conseguiram mais um show??- como já devem ter reparado os Tokio Hotel ainda não eram muito famosos.
Tom- não, é melhor do que isso.
 Eu- fala Tom estás a deixar-me curiosa.
Tom- a minha mãe disse que se tu quiseres ela adopta-te legalmente e tu passas a ser como uma irma minha...e do meu irmão.
 Não disse nada, ainda estava a ingerir aquela dose enorme de informação complicada.
Tom- então o que dizes??
 Eu- digo que tu és doido. A única coisa que faria o meu pai abdicar da minha cutódia seria dinheiro, porque eu estando legalmente como sua filha ele recebe uma quantia de dinheiro no fim do mês, subcídio de família.
Tom- a minha mãe disse que se tu quiseres que ela trata disso tudo.
 Eu- hum...
Tom- então o que dizes?? Aceitas?? Queres ser a minha irmã mais nova??
 Eu- não sei. Desculpa, mas ainda é uma novidade para mim ter alguem que se preocupe verdadeiramente comigo.
Ele parecia nervoso, do bolso tirou um cigarro e um esqueiro acendeu-o e começou a fumar e eu como não me dou propriamente bem com fumo comecei logo a tossir.
 Tom- Kryxttina estás bem??
Quando consegui parar de tossir, respirei fundo e respondi-lhe:
- não consigo estar ao lado de alguem quando está a fumar. Começo a tossir compulsivamente.
 Tom- desculpa.
Eu- não faz mal...Tom posso pedir-te uma coisa??
 Tom- se é para me pedires o teu objecto cortante esquece.
Eu- não, não é isso. É que...que...sabes...
 Tom- vou saber quando me disseres.
Eu- Tom pára de fumar se faz favor.- disse assim rapidamente, despejando tudo cá para fora.
 Tom- já apaguei o cigarro.-disse enquanto o apagava.
Eu- não é isso. É deixares mesmo o vício de fumar.
 Tom- xii, nem sonhes, não consigo.
Eu- por favor.
 Tom- o cigarro é o meu amigo, meu companheiro de stress, quando preciso de me acalmar é a ele que recorro.
Eu- agora podes recorrer a mim. Além disso é proibida a venda de cigarros a menores de 18 anos.
 Tom- é proibida a menores de 16 anos.
Eu- ah,ok. Tom faz isso por mim. Fumar faz mal. Prejudica a tua saude.
 Tom- eu sei, mas é um vicío.
Eu- eu peço-te, suplico-te. Por favor Tom. Por mim.
Ficamos calados uns segundos.
 Tom- ok. Eu deixo de fumar de vez...
Eu- fix Tom ainda bem.-disse toda contente da vida, batendo palmas muito pouco barulhentas(estava numa clínica e é suposto não fazermos barulho) como uma criança feliz.
 Tom- se tu aceitares ir morar em minha casa.
Eu- eu...

 

Parte de uma música : How we get here, I think I know you so well

 


sinto-me: Feliiiz :D
música: Al Andalus - David B.

publicado por Chinesa11 às 21:40
link do post | comentar | favorito
|

11 comentários:
De Diiane a 18 de Julho de 2010 às 20:15
Obrigada pelo comentario e por ires acompanhar a fic! =)
Vou ver se me actualizo aqui no teu blog! xDD


De Chinesa11 a 18 de Julho de 2010 às 21:24
Obrigada qerida :)


Comentar post

mais sobre mim
Daniela Sousa

Sou uma gaja com o nome no B.I Daniela Sousa…mas que tem 1a panca pelo nome Kryx!  As vezes gostava de ser criança para sempre…não ter que tomar decisões…não ter de fazer escolhas…não ter perder amigos…não ter de sentir saudades…não ter de odiar people parvo…as vezes gostava que pudesse ser criança ih adulta quando me desse na “telha” mas a vida não é assim….por isso tudo o q aprendi devo aos amiigos ih a família…Obrigada!~A amizade é como o vidro…frágil!  Algumas verdades magoam mas as vezes é preciso ouvi-las, e difícil dize-las! Confiança não é algo que se pede é algo que se conquista!    O amor é como um enigma difícil de resolve-lo, fácil de complica-lo! Magoar é fácil, perdoar é difícil!  Mais difícil do que dizer amo-te é realmente senti-lo! Deixares-te levar é fácil, dizer não é complicado!Apontas-me o dedo por ser diferente eu agradeço-te por seres igual

posts recentes

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

I'm Back (L) O 4º element...

People change and Relatio...