Quarta-feira, 9 de Abril de 2008
XXIII
Eu: foi bom sentir esses teus lábios pela última vez, Tom Kaulitz, agora vai te embora.
Tom: como assim pela última vez?
Eu: Tom tu traíste-me apesar de tudo o k te fiz, tu traíste-me vai embora Tom, esquece-me.
Tom: mas eu amo-te Karine, não me pessas para te esquecer, que eu não consigo.
Eu: consegues pois,ainda hoje já tavas com uma gaja, acho k foi sinal que me esqueces-te não Tom? Vai embora por favor.
TOm:não vou.
EU: Tom...
Tom: eu tava bebado eu não keria ter ido para a cama com ela.
Eu: MAS FOSTE.
Tom: mas não keria.
Eu:eu tambm não te keria ter conhecido, keria k continuasses a ser akele rapaz perfeito que eu adorava ver tocar guitarra.
Tom: não digas isso.- E tentou beijar-me mas eu afastei-o.
Eu: eu...eu amo-te Tom. Agora vai te embora.
Abri a porta do quarto e ele saiu.
Atirei-me para a cama.
Passaram-se dias e eu não comia, só bebia um monte de beilice, claro que depois ia vomitar. O Tom nem bebia nada, não comia nada. Ficamos assim cerca de 1 semana, o Bill tentou vir, mas o TOm sempre com a desculpa que estava tudo bem.
O George foi ter com a Bárbara e com a Ana sofia para conversarem, nenhum dos 3 conseguia ver-nos assim. Sim a Ana passou a ir visitar o Tom as vezes mas ele já nem dizia nada, já não tinha forças para isso.
O Tom foi parar ao hospital! NO hospital ficou internado 1 dia mas depois teve alta. Ou ele começava a comer ou iria acabar por morrer os médicos já não podiam fazer mais nada.
George: não aguento ve-los assim, temos de fazer alguma coisa.
Ana Sofia: a culpa foi minha, mas eu não sabia.
Bárbara: a culpa não foi tua, nem de ninguem na realidade.
George: o Tom não tá a comer nada, eu já falei com ele, mas ele só diz o nome da Karine. Já lhe disse para ir ter com a Karine mas ele não ker. Diz que não adianta.
Bárbara: acontece o mesmo com a Karine.
Ana Sofia: eu tenho de resolver isso. George leva o TOm nem que seja a força para o quarto da Karine.
George: não sei...
Ana Sofia: não custa tentar.
Bárbara: eu concordo.
George: ok.
E assim foi, mas enquanto eu estava a dormir a Bárbara encheu-me o quarto com comida, sumo, tudo para nos podermos recuperar.
Trancaram-nos a mim e ao Tom no quarto e foram-se embora.
Eu: Tom...o que é que te aconteceu?!?
Tom: não consigo comer longe de ti, não consigo viver.
Eu: então é verdade. Comigo passou-se o mesmo.
Tom: Karine...
Eu:espera preciso de falar tudo o que já te devia ter dito a muito tempo. Tom eu amo-te como nunca amei ninguem, a última coisa que queria era ver te sofrer tudo o que te disse era para tu seres feliz.
Tom: como é que querias que eu fosse feliz, contigo a dizeres-me que não me amavas, para eu me ir embora.
Eu: pensei que te ias esquecer de mim que fosses continuar a tua vida, assim continuavas com a tua banda, e a única pessoa triste iria ser eu mas prontos, ficavas tu feliz, os Th felizes, e as tuas fãs tambm.
Tom: mas eu só posso tar feliz ao teu lado.
Eu: não foi isso que eu vi quando tavas com a Ana Sofia, de boxers, essa imagem não me sai da cabeça Tom!
Tom: eu tava bebado, tava decepcionado contigo, ela ofereceu-me um colo para chorar e ...
Eu: não te ofereceu só colo ofereceu-te muito mais Tom.
Tom: aquilo foi só uma noite, não significou nada para mim.
Eu: sabes que não é assim.
Tom: mas eu antes era assim e tu nunca te importaste.
Eu: porque antes eu não namorava contigo Tom.
Tom: Karine, eu amo-te. Eu tava bebado Karine, triste...
Eu: ah ok, então sempre k tiveres triste vais para um bar, bebes uns copos e depois vais para a cama com qualquer gaja boa k te apareça a frente.- Disse eu num tom irónico.
Tom: claro k ñ. Perder-te era uma dor demasiado grande para mim, saber que a mulher k amo só ta comigo por fama, é bastante mau. Tenta ver o meu lado.
Eu: eu tento Tom, agora ve tu o meu lado. A separação dos meus pais e separo-me do meu namorado, das pessoas que eu mais amo na vida- (e a Debs e a Bárbara claro)
Tom: tu disses-te que eu era uma das pessoas que tu mais amas na vida?
Eu: ainda tinhas dúvidas.
O Tom beijou-me.
Tom: perdoa-me.
Eu:perdoo-te claro.- Disse eu ainda entre beijos.
Depois comemos eu que nunca gostei muito de comer devorei toda a comida eu e o Tom... Passamos duas horas a comer, com intrevalos para nos beijarmos.
EU: amas-me?
Tom: sabes que não sei!
Eu: TOm!- Mandei-lhe uma almofada a cara.
O Tom que não é de ficar atrás, pegou noutra almofada e mandou-ma a cara.
E passamos uns 20 minutos nisso até que ele agorrou-me e caimos os dois na cama.
Tom: eu não te amo.
Eu:...- FIquei um pouco assustada, mas depois ele diz-me.
Tom: amo-te mais k tudo, a ti e ao meu irmão. Amo vus mais k tudo nessa vida.
Eu:fogo, assustaste-me.
Tom: nunca tenhas dúvidas disso.
E beijou-me.
Eu: tambem te amo muito Tom.


Comentem por favor!! Prometo que se tiver mais de 7 coments eu posto assim que puder!


publicado por Chinesa11 às 20:21
link do post | comentar | favorito
|

3 comentários:
De xX-Akyra-Xx a 9 de Abril de 2008 às 21:39
OMG

EU simplesmente nao vivo sem a tua fic!! e linda por de MAISSS

POSTA MAIS SUPLIKOOO +.+


De Sahara a 10 de Abril de 2008 às 19:40
Ta mt fix posta +


De Sahara a 10 de Abril de 2008 às 19:44
...lol.. ja te disse k a tua fic ta fix»!?!?!?!?
Então ainda bem pk ta mesmo muito fix!!
perdoaste-lhe!!! Essa rapariga!!!
bjs adoro-t


Comentar post

mais sobre mim
Daniela Sousa

Sou uma gaja com o nome no B.I Daniela Sousa…mas que tem 1a panca pelo nome Kryx!  As vezes gostava de ser criança para sempre…não ter que tomar decisões…não ter de fazer escolhas…não ter perder amigos…não ter de sentir saudades…não ter de odiar people parvo…as vezes gostava que pudesse ser criança ih adulta quando me desse na “telha” mas a vida não é assim….por isso tudo o q aprendi devo aos amiigos ih a família…Obrigada!~A amizade é como o vidro…frágil!  Algumas verdades magoam mas as vezes é preciso ouvi-las, e difícil dize-las! Confiança não é algo que se pede é algo que se conquista!    O amor é como um enigma difícil de resolve-lo, fácil de complica-lo! Magoar é fácil, perdoar é difícil!  Mais difícil do que dizer amo-te é realmente senti-lo! Deixares-te levar é fácil, dizer não é complicado!Apontas-me o dedo por ser diferente eu agradeço-te por seres igual

posts recentes

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

I'm Back (L) O 4º element...

People change and Relatio...