Segunda-feira, 11 de Fevereiro de 2008
XII Capítulo- Será que devemos dar um tempo?

Fui para casa e o Tom levou-me as costas dele(eu vivia-a no 5º andar).

Levou-me para o quarto e eu vi o meu telefone, tinha 45 mensagem não lidas, o Tom sabia que eram no mínimo metade do Diogo, tentou impedir-me de as ler mas eu fui mais rápida.

Eu: uou...

Tom: o que foi? (como se ele não soubesse).

Eu: tenho 45 mensagens do Diogo, tenho de lhe responder.

Tom: tira-me o telemóvel da mão.

Eu: hey.

Tom: caso tu te tenhas esquecido, tu tens de descansar.

Eu: mas eu tou deitada no meu quarto a descansar, so vou escrever umas mensagens.

Tom: DEBSSSSS!!! Ve se pões um bocado de juizo na cabeça da karine.

Eu: deixa de ser queixinhas.

A Debs entra no quarto.

Debs: "sister", ouve o Tom, tu tens de descansar. Eu vou só ter com o Bill lá a baixo e ja volto.

Tom: toma.

Ele beija-me. E toca a campainha.

Eu: Tom, vai abrir a porta.- Beijei-lhe.

Tom:não, essa pessoa pode esperar.- Continuou a dar-me beijos.

Eu afastei-o.

Eu: Tom!!!!

Tom: ta bem, ta bem, so mais um.

Ele beijou-me e fui abrir a porta, era o Diogo.

Tom: é engano.

Diogo: oh deixa-me lá entrar.

E entrou a força.

Tom: filho de uma grande mãe do caraças.

Diogo: a karine tá?

Tom: não, não está.

Diogo: KARINE, KARINE!!

Eu: estou no meu quarto.

O Tom e o Diogo vão os dois para o meu quarto.

Diogo: posso falar contigo?

Tom: claro que podes, ja que estas aqui despacha-te né!

Diogo: pessoalmente, Karine.

Tom: ve se te despachas que o NAMORADO dela não vai a sitio nenhum sem a sua DAMA.

Eu: Tom, da-nos licença um bocado se faz favor.

Tom: mas Karine...

Eu: por favor.

Ele beija-me, aquele beijo demorado que so ele sabe dar.

Eu: já podes falar.

Diogo: eu não sei o que sinto por ti Karine.

Eu: Diogo...

Diogo: deixa-me acabar. Não me deixa dormir, não me apetece comer, perco a vontade de

            trabalhar, não deixo de pensar em ti...

Eu: Diogo não me faças isso... - Ele tentou beijar-me mas eu virei a cara.

Eu : eu não quero.

Diogo:Não queres ou tens medo?

Eu: Diogo vamos acabar essa conversa por aqui. Ele tentou beijar-me de novo, mas eu

      recusei.

Eu: Diogo não!

Diogo:porque?

Eu: porque estou apaixonada pelo Tom, e quero continuar com ele.

Diogo: ok, ok ja percebi, podemos ser amigos?

Eu: claro.

O Diogo deu-me um beijo na face. e foi-se embora.

Eu fiquei triste, o Tom entrou no meu quarto e fez um sorriso maroto  mexeu no pircing com a lingua, subiu para a minha cama e beijou-me queria despir-me mas eu não aceitei, e afastei-o.

Tom: o que é que se passa?

Eu: Tom...

Tom: não me chamas-te tomik, e tas com uma cara aborrecida, o que e que se passa?

Eu: eu disse que te perdoava, não disse que voltavamos a  namorar.

Tom:o que?- disse ele super confuso.

Eu: Tom...

Tom: esquece eu ja percebi tudo.

Eu: Tom , Tom, volta aqui, deixa-me acabar.

Ele fingia que não me ouvia e foi-se embora. Ele passou pela Debs com uma cara um tanto triste e foi- se embora.

A Debs e o Bill vieram ter comigo.

Bill: o que é que se passa?

Eu contei-lhes o que se tinha passado. E o Bill veio dar-me um abraço.

Bill: pronto calma. eu vou falar com ele.

Eu: não Bill, não vás

Bill: ele deve ter percebido mal, deve tar a achar que tu não queres nada com ele.

Eu: eu só queria um tempo para os dois, eu errei, e não quero magoa-lo mais.

Bill: eu vou falar com ele. Hoje a noite nós estamos aqui os dois.

O Bill foi se embora.

Debs: oh "sister" tem calma, tudo se vai resolver.

Eu: quem me dera.

Eram 3 horas, nem eu nem o  Tom, conseguimos comer nada, ( O Bill contou a Debs).

Estavamos muito tristes...

 

 

Continua....................

 

 


sinto-me: triste(tirei baxtant a francs)
música: 1000 meere

publicado por Chinesa11 às 13:35
link do post | comentar | favorito

1 comentário:
De Sahara a 11 de Fevereiro de 2008 às 20:06
bao baxtante agora eu tambem tenho frances


Comentar post

mais sobre mim
Daniela Sousa

Sou uma gaja com o nome no B.I Daniela Sousa…mas que tem 1a panca pelo nome Kryx!  As vezes gostava de ser criança para sempre…não ter que tomar decisões…não ter de fazer escolhas…não ter perder amigos…não ter de sentir saudades…não ter de odiar people parvo…as vezes gostava que pudesse ser criança ih adulta quando me desse na “telha” mas a vida não é assim….por isso tudo o q aprendi devo aos amiigos ih a família…Obrigada!~A amizade é como o vidro…frágil!  Algumas verdades magoam mas as vezes é preciso ouvi-las, e difícil dize-las! Confiança não é algo que se pede é algo que se conquista!    O amor é como um enigma difícil de resolve-lo, fácil de complica-lo! Magoar é fácil, perdoar é difícil!  Mais difícil do que dizer amo-te é realmente senti-lo! Deixares-te levar é fácil, dizer não é complicado!Apontas-me o dedo por ser diferente eu agradeço-te por seres igual

posts recentes

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

O 4º elemento do meu trio...

I'm Back (L) O 4º element...

People change and Relatio...